Biblioteca

97d2860871f3d35e35f6eb0477d3015a_M

A Biblioteca Ben Gurion apresenta uma rica variedade de obras literárias e multimídia, além de contar com revistas semanais e mensais, os principais jornais diários de São Paulo e com as edições de sexta-feira do New York Times e Jerusalem Post. Por conta do vasto material presente no espaço, a frequência média chega a 3 mil pessoas por mês.

Entre os temas procurados pelos associados, o que mais se destaca é literatura estrangeira, seguido por outros assuntos como literatura infantil, temática judaica e biografias.

A Biblioteca é frequentada por associados de todas as idades.

História

A Biblioteca da Hebraica foi criada em 1959 sob a direção do Dr. Moisés Gicovate. Contava na época com 500 títulos e seu acervo inicial era formado por livros em português, idiche, inglês e francês. As seções eram divididas em infantil, juvenil, circulante. A Biblioteca em pouco tempo tornou-se um sucesso e seu acervo acrescido de grandes e preciosas doações, como a doação da Coleção da Gazeta Israelita de São Paulo, que inaugurou a secção Judaica Brasileira.

Em 2003, a Biblioteca inaugurou um novo espaço inovando com mais serviços. Passou a oferecer um acervo digital (Internet, Vídeo, DVD, CD de música, CD-ROM) além do acervo impresso (livros, jornais, revistas e gibis).

Em 2006 passa a se chamar Ben Gurion, homenageando o grande estadista e um dos fundadores do estado de Israel.

Destaque  mês de Julho/2015

Árduos caminhos da volta / organização de  Genha Migdal, Gabriel Steinberg

Nascidos  em sua grande maioria na Polônia e em outros locais como Lituânia, Ucrânia e Bessarábia, entre 1900 e 1920, emigraram para Israel e agora uma amostra de seus textos nos chega nesta obra. São estes os escritores : Arieh Bustan;  Avraham Karpinovitsh; Avraham Sutzkever; Efraim Shedletzky; Efraim Shraier; Faivl Ziguelboim; Heshil Klepfish; Ieshaiahu Mordekhai Tzanin; Israel Kaplan; Itzkhak Luden; Itzkhak Brat; Itzkhak Korn; Katzet Tzetnik, pseud.;  — Meir Yelin; Menukha Ram; Mordekhai Iossef Khelmish; Mordekhai Shteinberg; Rivka Kviatkovski-Pinkhassik; Tzvi Aiznman ;  Wolf Karmiol; Yekhiel Granatshtein.

A antologia, organizada por Genha Migdal e Gabriel Steinberg, é uma rara oportunidade de acesso à literatura em língua ídiche,  traduzida para o português, graças ao valioso trabalho do Grupo de Tradutores de Ídiche da Universidade de São Paulo.

Singular : o poder de ser diferente :  como transformar suas habilidades em ferramentas de sucesso / Jacob Petry, Valdir Reinoldo Bündchen

Nesta obra  o argumento central é de que o êxito, o sucesso e a segurança dependem cada vez mais da sua habilidade em ser você mesmo, de saber pensar de maneira diferente das pessoas à sua volta e de  ter a coragem de desenvolver e expressar essa diferença. Faz uma análise de grandes líderes, empresas, marcas e ideias e apresenta um guia prático sobre como desenvolver uma nova mentalidade com as exigências, características e atitudes necessárias para triunfar na carreira ou nos negócios. Ancorado em mais de duas décadas de experiências práticas e de pesquisas, com muitas histórias poderosas, o texto de Pétry e Bündchen oferece novas ferramentas para você pensar sobre coisas que poucas pessoas pensam, olhar para a vida como poucas pessoas olham e obter resultados extraordinários em tudo que fizer.

Jacob Pétry : brasileiro radicado nos Estados Unidos, jornalista, filósofo e conferencista   :

Valdir Reinoldo Bündchen : sociólogo, empresário, pós-graduado em Gestão e Marketing, autor de livros sobre planejamento estratégico profissional, pai e principal mentor de Gisele  Bündchen

 

Destaque  mês de JUNHO/2015

O maior de todos os mistérios / Giselda Laporta Nicolélis; Miguel  Nicolelis;  ilustrações Nik Neves

 Escrito pelo neurocientista brasileiro Miguel Nicolelis em parceria com sua mãe, a escritora Giselda Laporta Nicolelis, esta interessante obra aborda as últimas descobertas sobre o cérebro humano e suas  pesquisas sobre interfaces cérebro-máquina. Adapta para crianças e adolescentes os temas explorados no livro Muito além do nosso eu. São apresentadas também as experiências que Nicolelis realizou na Universidade de Duke, nos Estados Unidos, onde robôs são controlados por macacos, através de sinais emitidospor seus cérebros.

 Na abertura da Copa do Mundo de Futebol, realizada em junho de 2014 no Brasil, foi realizada uma rápida demonstração desta tecnologia, com um paraplégico levantando-se de uma cadeira de rodas e usando um exoesqueleto controlado pelo cérebro, deu o pontapé inicial no jogo da seleção brasileira.

 

Estatísticas 2014

Títulos mais emprestados em 2014

1. Inferno – Dan Brown – 58 empr.
2. Arroz de Palma – Francisco Azevedo – 52 empr.
3. O tempo entre costuras – María Dueñas – 51 empr.
4. A lebre com olhos de âmbar – Edmund De Waal – 45 empr.

Associados que mais emprestaram livros em 2014

1. Rita Resnichenco – 110
2. Leonor Klein – 101
3. Diana Scenes – 86